Festa infantil com o tema Fazendinha: Como trabalhar com o tema?

| 26 jun

A escolha do tema da decoração do primeiro aniversário do filho é uma escolha difícil, afinal a criança ainda é muito pequena e, geralmente, ainda não demostra nenhuma preferência por personagens ou temas. Então cabe aos pais a tarefa de definir o tema da decoração. O lado bom disso é que há mais liberdade para trabalhar com o que quiser, basta ter criatividade.

Um dos temas que tem ganhado mais destaques nas festas infantis é o ‘Fazendinha’. E é fácil entender porque ele é um dos queridinhos dos pais.

1- Nessa fase as crianças estão aprendendo a reconhecer os animais e seus sons

É no início da primeira infância que a criança começa a responder estímulos da fala e do raciocínio, e um dos recursos que mais atraem a atenção da criança é o uso de imagens e sons de animais. Elas amam! Afinal, o universo animal além de divertido e estimulante é colorido. O que explica a preferência dos pais para o tema.

2- Fazendinha: Tema fácil para decoração

Embora o tema seja Fazendinha não é necessário estar em uma fazenda, chácara ou sítio para desenvolver o tema. Muito embora o clima de “roça” possa ajudar muito na composição, você pode criar este ambiente usando folhas, flores do campo, árvores para vasos, trigo, animais de pelúcia ou feltro que remetam à fazenda, móveis e utensílios rústicos e antigos, juta, xita, bandeirolas, panelas de ferro e barro, regadores, galochas, escadas como suporte para os docinhos lembrancinhas, por exemplo, bancos de madeira, leiteira, frutas, lampiões, chapéus, entre muitos outros. Mais uma vez, basta usar a criatividade e o bom gosto para ornar todos estes itens e criar uma decoração simples e bonita.

Mas antes de começar a criar uma decoração decida que modelo de fazenda você quer reproduzir no seu tema: predominantemente de animais, animais e frutas ou legumes e verduras. E a menos que seja a sua intenção, cuidado para não deixar a decoração com cara de Festa Junina.

3- Use a temática Fazendinha para criar as brincadeiras e recreação

A sugestão é desenvolver brincadeiras que remetam ao clima de fazenda, considerando a idade predominando dos convidados da festa. Se grande parte das crianças for maior de 5 anos você pode organizar as brincadeiras: batata quente, corrida de ovo na colher e corrida de saco.

Para os menores, o jeito é investir no que elas amam: a famosa piscina de bolinhas e, se tiver condições para investir, adquira cavalos de balanço de madeira, que além de divertir as crianças, vai compor a decoração.

Também crie um cantinho infantil e disponha livros de colorir com a temática e lápis de cor e se houver espaço.

4- O que servir? Comida de fazenda.

Talvez uma das coisas mais gostosas que o tema Fazendinha pode proporcionar é o cardápio de fazenda. Hummm… Compotas, quindins, salada de frutas com ou sem chocolate, bolos da vovó, doce de leite, ambrosia, empadas, tortas doces e salgadas, milhos cozidos, cocadas, entre todos outros de dar água da boca. Mas não se esqueça de também investir no tradicional para festa infantil: brigadeiros, beijinhos, salgadinhos fritos e assados e bolo de chocolate, preferencia entre as crianças.

Se o clima estiver fresquinho, além das tradicionais bebidas – água, sucos e refrigerantes, sirva também chás, como erva-doce, camomila, maracujá com gengibre, amendoim ou qualquer outro de seu gosto.

Se preferir, pode servir no final da festa o bolo da vovó com chá ou café. Os convidados vão amar.

5- Roupa do aniversariante

Não há roupa mais apropriada para um aniversariante cujo tema da festa é Fazendinha que não seja uma linda jardineira. Além de tudo as crianças ficam um charme com elas e quem sabe os pais também não podem entrar no clima e também investirem na moda jardineira.

Caso a jardineira não seja uma opção, qualquer look que use lindas botinhas e jeans. As crianças ficam um encanto.

6- Lembrancinhas para presentear os convidados

O tema Fazendinha dá liberdade para criar variadas opções de lembrancinhas: docinhos da fazenda, bichinho de pelúcia, um mini cavalo de madeira, mas por que não uma compota? Uma opção criativa e deliciosa.

Gostou destas dicas? Conte-nos o que achou, comente a sua experiência e deixe sua sugestão para os próximos temas.

Livi Carolina Curiosa, adora um bom papo, esposa, mãe da Antonela e jornalista.